domingo, 29 de agosto de 2010

OS VEDAS






OS VEDAS

Os Vedas são as orgulhosas glórias dos Hindus. A palavra Veda significa "conhecimento". E quando ela se aplica às escrituras ela significa "livro de conhecimento". Os Vedas são o fundamento das escrituras dos Hindus. O Veda é o depósito do conhecimento indiano e glória memorável do qual o homem jamais poderá esquecer até a eternidade. Os Vedas são as verdades eternas reveladas por Deus para os antigos grandes sábios, Rishis, da Índia. A palavra Rishi significa "vidente, ou profeta".

Temos quatro VEDAS, a saber: o Rig-veda, o Yajur-veda, o Sama-veda e o Atharva-veda.
O Rig-Veda é dividido em vinte e uma seções; o Yajur-Veda possui cento e nove seções; O Sama-Veda possui mil seções e o Atharva-Veda cinqüenta seções. No todo, os Vedas dividem-se em mil cento e oitenta seções.


O RIG-VEDA é considerado um dos mais antigos Veda, consiste em mais de 1.000 hinos, e, praticamente, todos os outros Vedas baseiam-se nele. Contudo, grande parte dos aspectos conhecidos nas "ciências védicas", como as técnicas de meditação, mantras e yoga são ali encontrados. É costume datá-lo em torno de 1.500 a.C., mas esta data pode estar bastante equivocada, pois sabemos de descobertas arqueológicas anteriores a ela, em pelo menos 5.000 anos, que relatam textos do Rig-veda.

No SAMA-VEDA nós iremos encontrar uma espécie de releitura do Rig-veda, pois contam os versos do Rig-veda na forma de cânticos, representando, segundo a tradição védica, o êxtase e a benção da chamada auto-realização. Faz-se comparações de que, "enquanto o Rig-veda é o passo, Sama-veda é a dança; o Rig-veda é a palavra, o Sama-veda a compreensão".

Já o YAJUR-VEDA, o real precursor de todos os outros Vedas, uma vez que todos estavam inicialmente reunidos nele, dedica-se a purificação da mente e o "despertar" da consciência. De fato, o Yajur-veda pretende unir, pelo processo de yoga-união, o indivíduo com o cosmos.

Por fim o ATHARVA-VEDA, contém cânticos e processos mágicos visando acalentar os deuses e as forças da natureza, com grande ênfase na arte da cura. Seus mantras visam afastar todo o mal, os inimigos, as doenças, a má sorte e todas as espécies de interferências positivas na vida. Este Veda é o único que contém rituais de magia e teurgia utilizadas pelos sacerdotes. Muitos ensinamentos do Ayurveda (ayur = vida quotidiana, e veda = conhecimento; ciência da vida), tratado sobre a saúde, saíram do Atharva-veda.


PENSAMENTOS DOS VEDAS



"Como dois pássaros dourados pousados no mesmo galho, intimamente amigos, o ego e a Consciência habitam o mesmo corpo. O primeiro ingere os frutos doces e azedos da árvore da vida; o segundo tudo vê em seu distanciamento". RIG VEDA

"Quem é insensível em face do miserável faminto, do doente, não encontra ninguém que o lamente. Generoso é quem dá ao mendigo vagabundo, magro, faminto. Quem o socorre, chamando-o na estrada, adquire um amigo para os dias futuros". RIG VEDA


"A Verdade é uma, os sábios chamam-na por diversos nomes". RIG VEDA


"O Universo inteiro é uma família". RIG VEDA

"Ele que dá a vida, que dá a força, cuja sombra é a imortalidade, cuja sombra é a morte... quem é esse deus que veneramos pelos sacrifícios?" RIG VEDA


"A água na verdade é um curador. A água destrói as doenças, e a água cura todas as (doenças) de todos os seres. Possa esta água atuar como remédio para você e faze-lo feliz". RIG VEDA

"
Que o meu discurso seja coerente com a minha mente. Que a minha mente seja coerente com o me discurso. Ó auto-efulgente Brahman! possas tu revelar-te a mim. Que a mente e palavra me permitam segurar a verdade revelada nos Vedas. Que o que aprendi não me abandone. Que contemple esta verdade noite e dia. Penso a verdade e falo a verdade. Que Brahman me proteja. Que proteja o professor. Que Brahman me proteja. Que proteja o professor. Que haja paz, paz, paz". RIG VEDA


"Om. Contemplemos o excelente esplendor do divino Sol vivificante, presente na terra, na atmosfera e no céu. Que Ele inspire a nossa visão". RIG VEDA

"Quem verdadeiramente conhece e quem pode aqui declarar de onde nasceu e de onde veio essa criação? Os deuses são posteriores a essa produção do mundo. Quem sabe então como se originou?" RIG VEDA


"As riquezas do liberal nunca se gastam, enquanto aquele que não dá não encontra quem o reconforte". RIG VEDA


"Várias são as nossas intenções, e várias também são as vocações que os homens seguem. O carpinteiro procura a madeira; o médico procura a doença; o sacerdote espreme o suco do Soma..." RIG VEDA


"Muito antes do aparecimento dos deuses, mesmo antes das três eras, haviam estas ervas antigas, coloração clara e cento e sete em numero". RIG VEDA


"A respiração tece o homem". ATHARVA VEDA


"A Terra é a minha mãe e eu sou seu filho". ATHARVA VEDA

"O Uno abraça esta terra. O Uno abrange a atmosfera que sustenta o céu. No Uno, todas as direções são uma só". ATHARVA VEDA


"Do infinito surge o infinito. O infinito flui através do infinito. Que possamos conhecer esse hoje do qual surge o infinito. O Uno abraça esta terra. O Uno abrange a atmosfera que sustenta o céu. No Uno, todas as direções são uma só. Aquele que conhece o tecido estendido onde todas as criaturas moram, aquele que conhece o fio que está por trás do fio, conhece a suprema Realidade. Eu conheço o fio estendido onde todas as criaturas estão. Conheço o fio que está por trás do fio, a suprema Realidade". ATHARVA VEDA

"Quem ajustou os calcanhares do homem? Quem produziu a carne? Por quem foram feitos os tornozelos, os dedos, que modelam, os orifícios do corpo, os dois pilares que saem do centro, e o assento? Qual o deus que colocou a língua dentro da boca e nela pôs a poderosa palavra? Desde então, envolto nas águas, o homem gira pelos mundos. Quem o compreende? Quem lhe deu forma, estatura, nome? Quem o fez andar? Quem lhe deu um caráter distinto? Quem lhe doou a gesticulação? Quem fez a expiração, a inspiração, a transpiração? Qual o deus a quem o homem deve a conspiração? Quem o vestiu e marcou a duração da existência? Quem lhe deu vigor? Quem o fez veloz? Depois de arrumar o cérebro humano e todo o crânio, ele, o primeiro, subiu ao céu. Quem é esse Deus? Quem estendeu as águas? Quem fez o dia resplandecente, acendeu a aurora e mostrou o crepúsculo? Quem criou no homem o esperma e disse: "é para ele ter uma descendência?" Quem lhe possibilitou o conhecimento? Quem lhe trouxe a música, as danças? Por quem foi a terra coberta, o firmamento ultrapassado, as montanhas transpostas? Por quem foram feitas as obras e ele próprio, o homem?" ATHARVA VEDA


"Ó deuses! Que possamos ouvir o que é auspicioso com os nossos ouvidos. Que possamos ver com os olhos o que é auspicioso. Que saibamos glorificar-vos com os mantras védicos e que com os membros fortes possamos desfrutar a nossa vida completa. Que Indra nos abençoe com o que é auspicioso. Que o Sol omnisciente nos abençoe com o que é auspicioso. Que Garuda de vôo seguro e determinado nos abençoe com o que é auspicioso. Que Brihaspati (guru) de grande inteligência nos abençoe com o que é auspicioso". ATHARVA VEDA


"Para resgatar a população incapaz que está sendo devorada pelos pecados de Kali-yuga, descerei à terra em uma família brahmana pura que reside às margens do Ganges, acompanhado pelos Meus associados eternos. Tornar-Me-ei então um avadhuta-sannyasi e ensinarei a todos o processo de adorar-Me através do incessante canto dos Meus próprios santos nomes." SAMA VEDA

"Que todos os meu membros, incluindo a fala, prána, olhos, ouvidos, os outros órgãos dos sentidos e capacidade cresçam em toda a sua força. Tudo é aquele Brahman revelado nas Upanishads. Que eu não rejeite Brahman. Que Brahman não me rejeite. Que não haja rejeição de Brahman por mim. Que não haja rejeição de Brahman em relação a mim. Em mim que sou empenhado na busca do conhecimento de Brahman, que estejam presentes todas as características mencionadas como requisitos nas Upanishads. Que esses requisitos existam em mim". SAMA VEDA

"Não devemos usar o corpo que Deus nos deu para matar as criaturas de Deus, sejam elas humanas, animais ou o que for". YAJUR VEDA


"Que todos estejamos protegidos e unidos. Nutridos e unidos. Que possamos juntos adquirir a capacidade de estudar e entender as escrituras. Que nosso saber seja luminoso e realizador. Que não exista inimizade entre nós. Om". YAJUR VEDA


"Aquilo é plenitude, isto é plenitude. Daquela plenitude veio esta plenitude. Daquela plenitude, tirando-se esta plenitude, o que permanece é plenitude". YAJUR VEDA

Um comentário:

  1. adorei o texto. muito bom, me ajudou no meu trabalho :)

    ResponderExcluir